sábado, novembro 12, 2005

Há mil anos atrás escrevia assim... :P

Sangue Real
por Catarina Medina



No reflexo fácil de um qualquer espelho, recordo-me do meu corpo. Desconheço a imagem que me chega. Um corpo nu. A pele alva é o denominador comum. O rosto cru, os olhos cor de mel, os sinais que me marcam, os lábios secos percorridos por homens escuros. Não me recordo do que se passou ao certo. Olho, de novo, o espelho casto que me traz a ausência de mim. Uma gota de suor desce omnipresente pelo meu peito, escorre, prega-se a ele, como os homens que em curtas visitas de médico reclamaram o meu corpo gasto. A consciência inútil desses momentos não mora em mim. Os homens escuros pela penumbra, não sei quem lhes abriu a porta do meu quarto, nem quantos foram. Revia-te em cada um deles, o entrelaçar dos corpos sujos, a violência negra de fazer amor com força, o rasgar dos lábios pela purificação do sangue. Noites brancas.
Olho mais uma vez, a imagem distorcida que me chega não posso ser eu. Sinto o peso dos seios, plenos de volúpia. Não me recordo de algum dia os ter sentido assim, brutos de poder. As minhas mãos e a força que lhes é encerrada. Pergunto-me, porque nunca terei feito eu uso delas. Passo as mãos nas minhas pernas, os teus canivetes, como tu gostavas de lhes chamar. A pele está seca. Como eu. Faz hoje sete meses que não sangro de amores por ti. Não sei o que se passou.
Eis que os meus olhos interrogam o meu ventre. A barreira entre a verdade e a omissão cai por terra. Vives agora em mim, é irrelevante saber através de que homem escuro chegaste até aqui. O que importa é que somos três agora. O ventre cheio, pleno de ti, afirma-se perante mim. Em breve, há-de querer sair cá para fora. As estrias rebentadas, como uma estrada qualquer, revelam isso mesmo. Passo as mãos, não sinto nada. Com mais força, o poder que as minhas mãos me encerram.
Esfrego a barriga, arranho-a. Sei agora, que não vais voltar nunca. O teu sangue já escorreu. Nunca te vou sentir mais pelo sexo de um homem escuro. A pele irritada e vermelha reclama por demência. Bato no meu ventre. Esmurro-o. Tens de sair de mim, da minha pele. O suor frio molha-me o corpo nu. Os espasmos devoram-me. Olho em volta e agoiro o meu fim. A tua mesinha de cabeceira, carvalho gasto, esconde-te. Rastejo, oprimindo o ventre, até ela. Abro a gaveta de cima, o metal reluzente anima o meu espírito. O consolo da bala. Ofegante vejo a arma carregada. Sinto-a fria no meu corpo. Premo o gatilho. Bendito é o fruto do vosso ventre.

9 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Hi there! I was just surfin blogs via the nav bar up top
and found yours (like and adventure). You write better
than many of the blogs I just went by, so have you
ever thought about trying to make a little money
blogging? Not tons, but I mean, just enough to
pay for some other things like webhosting or a car
payment, etc? Well, please do NOT confuse this with
the cr*ppy comment spam I see all over the place, but
I spotted a very cool free book on how to make money
blogging blogging and blogging some more..!

Hey, if you're gonna do it, you might as well get a LITTLE somethin' for it...!

Take care, and keep up the great writing,
Tiffany Burrell
How to Make Money Blogging Blogging
ps. No, that's NOT my real picture, lol!

3:31 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

100 blogs in 100 days, day 63: Philadelphia Will Do
Day 63 of 100 blogs in 100 days comes to us from Daniel McQuade Blog: Philadelphia Will Do About: "I started Philadelphia Will Do last summer when I was unemployed just as a writing exercise, and I ended up ...
Find out how to buy and sell anything, like things related to road construction safety equipment on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like road construction safety equipment!

3:31 da manhã  
Blogger Frederico said...

É por textos assim que visito este blog diáriamente.

8:57 da manhã  
Blogger kimikkal said...

belo texto, quero mais!...

4:59 da manhã  
Blogger drinkthestars said...

já és meu amigo kimy? beijinho e volta sempre! :)

5:21 da tarde  
Blogger kimikkal said...

sim, por isso é que deixo tratar-me por Kimmi... :P

3:56 da manhã  
Blogger kimikkal said...

(sou mesmo convencido)

3:56 da manhã  
Blogger kimikkal said...

sou nada, estou na brinca...

3:57 da manhã  
Blogger drinkthestars said...

Oh kimi :) sweet!

4:21 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Free Hit Counter

Track referers to your site with referer.org free referrer feed.